Saiba como melhorar a saúde mental com essas 5 dicas ideais

4 minutos para ler

O bem-estar psicológico se refere a como nos sentimos em relação a nós e aos outros, bem como à capacidade que podemos ter para gerenciar os nossos sentimentos e reagir de maneira positiva frente às dificuldades do cotidiano. Nesse sentido, saber como melhorar a saúde mental é essencial para obtermos melhor qualidade de vida.

Mas para alcançar esse bem-estar mental muitas vezes é preciso adotar medidas como mudanças de hábitos e estilo de vida. Pensando nisso selecionamos 5 dicas valiosas que podem ajudar a melhorar a sua qualidade de vida e evitar doenças e transtornos, como ansiedade, depressão e insônia. Acompanhe!

1. Faça exercícios físicos regularmente

As atividades físicas são essenciais para o bem-estar psicológico, pois normalizam a resistência à insulina e aumentam os hormônios e neurotransmissores que se associam ao bem-estar e controle do humor, como serotonina, endorfinas, dopamina, GABA (ácido gama-amino-butírico) e glutamato.

Estudos científicos mais recentes apontam as atividades físicas como o principal foco para tratamento da ansiedade, estresse, depressões leves e dores crônicas.

No entanto, isso não significa que você precise frequentar uma academia. É possível buscar maneiras de adicionar atividades no dia a dia, como subir as escadas em vez de utilizar o elevador ou fazer caminhadas curtas.

O importante é se exercitar por ao menos 30 minutos todos os dias, de preferência ao ar livre, já que a exposição ao sol auxilia o organismo na produção da vitamina D e aumenta o nível de serotonina no cérebro.

2. Melhore suas noites de sono

Para que a mente consiga atingir o máximo do seu potencial, é fundamental que ela esteja descansada. Por isso, a qualidade do sono tem relação direta com a saúde mental. A insônia ou noites mal dormidas geram mau-humor, indisposição, inquietação mental, problemas com a memória, e prejudicam o raciocínio lógico, além de baixar a imunidade.

Isso ocorre porque a falta de sono ou a sua interrupção pode afetar os níveis de neurotransmissores e hormônios do estresse. Além disso, prejudicam o pensamento e a regulação emocional, potencializando possíveis distúrbios psiquiátricos. Em geral é necessário dormir de 7 a 8 horas por noite, embora esse tempo possa variar de acordo com as necessidades individuais.

3. Construa bons relacionamentos

Construir e alimentar bons relacionamentos é essencial para a saúde mental. Com a atenção normalmente voltada para o celular, deixamos de prestar atenção na forma como nos relacionamos com as pessoas que estão ao nosso redor. Assim, perdemos a oportunidade de interagir e cuidar das nossas relações humanas.

Por isso, é fundamental deixar de lado as redes sociais por algumas horas para descansar a mente e ter contato com a realidade. Em vez de enviar mensagens, opte por telefonar ou, se for oportuno, faça uma visita aos amigos e familiares.

4. Pense positivo

A autoavaliação pode ter um efeito poderoso sobre como nos sentimos, pois quando temos uma visão negativa sobre nossa imagem e nossa vida podemos ter experiências que confirmam esse sentimento. Para evitar que isso ocorra, é importante utilizar palavras que promovam sentimentos de poder pessoal e autoestima.

5. Pare de se cobrar tanto

Embora o trabalho e os estudos sejam essenciais, é muito importante ter momentos de lazer. Por isso, não deixe de fazer algo que dê prazer, pelo menos uma vez na semana, como:

  • assistir alguma série de humor na TV;
  • ir a locais propícios a novas amizades;
  • ir ao cinema;
  • passear com a família.

Como vimos, saber como melhorar a saúde mental é importante para aumentar e manter uma boa qualidade de vida. Para isso, é preciso adotar mudanças nos hábitos e estilo de vida, como as dicas que comentamos, para aliviar a ansiedade e não comprometer a saúde mental.

Gostou deste conteúdo? Curta a nossa página no Facebook e acompanhe todas as postagens sobre saúde e bem-estar!

Posts relacionados

Deixe um comentário