Como retardar o envelhecimento da pele? Confira 3 formas!

3 minutos para ler

A pele é considerada o maior órgão do corpo humano — e também o mais susceptível a lesões, traumas, queimaduras ou esfoliações. Por esse motivo, é comum e natural que busquemos saber como retardar o envelhecimento da pele de forma saudável.

Justamente por ser a parte mais externa do nosso corpo, a pele está em constante renovação: suas camadas basais produzem diariamente novas células, que se descamam naturalmente. No entanto, as intempéries podem acelerar seu envelhecimento e deixá-la com um aspecto menos jovial.

Neste post, falaremos de 3 maneiras simples e eficazes para que você retarde o envelhecimento da sua pele. Continue lendo para saber mais!

1. Não esqueça do protetor solar

Quando falamos em envelhecimento da pele, os raios ultravioleta (UV) são os principais vilões. Eles são emitidos pela radiação solar e, quando em contato direto com a pele, podem causar queimaduras, bolhas e o que chamamos de “insolação”.

No entanto, não é apenas o excesso de sol que causa problemas com a pele: a exposição diária, mesmo indireta, também lesiona a pele e a deixa com um aspecto mais envelhecido. Além disso, alguns dispositivos (como os eletrônicos) também emitem radiação UV.

Por isso, é recomendado utilizar o protetor solar frequentemente. Com isso você se protege dos efeitos maléficos da radiação UV e consegue retardar o envelhecimento da pele. Mas considere que ele pode reduzir a produção de vitamina D, pois esta depende, para ser produzida na pele, da exposição ao sol.

2. Hidrate-se bem

Por estar em contato direto com o vento, sol e poluentes, a pele perde água com muita facilidade. A desidratação é um dos mecanismos de envelhecimento desse tecido, deixando a pele com um aspecto mais seco e quebradiço.

Para evitar esses efeitos, é importante manter-se sempre hidratado, tanto por meio de cremes hidratantes quanto pela ingestão de água. Beber pelo menos 2 litros de água por dia é necessário para a maioria das pessoas para manter os processos metabólicos em bom funcionamento, inclusive a renovação celular.

3. Conheça seu tipo de pele

Quando falamos em retardar o envelhecimento da pele, uma das primeiras medidas que nos vêm à cabeça é o uso de produtos de embelezamento — como cremes, loções ou sabonetes especiais.

De fato, esses produtos podem ajudar, mas eles não devem ser utilizados inadvertidamente: cada produto é feito para um tipo específico de pele, e o ideal é utilizar o recomendado para você. Um exemplo de diferença é entre peles secas e oleosas.

Para descobrir o produto ideal para a sua pele, o melhor conselho é procurar um dermatologista de qualidade. Além de te falar qual o seu tipo de pele, ele também poderá aconselhar quais produtos podem ser utilizados, e com qual frequência.

Retardar o envelhecimento da pele não é uma tarefa fácil, mas ela pode ser ajudada com alguns hábitos rotineiros e eficazes. Para otimizar ainda mais seu cuidado cutâneo, o ideal é procurar um especialista que indique as melhores práticas, em especial o dermatologista.

Se você gostou de conhecer essas dicas, por que não nos ajuda a disseminar conhecimento de qualidade? Compartilhe este post em suas redes sociais e deixe seus amigos por dentro!

Posts relacionados

Deixe um comentário