Exame de triglicerídios: entenda mais sobre ele!

6 minutos para ler

O corpo humano, para ter um bom funcionamento, precisa gastar energia. Grande parte das energias que utilizamos vem de certas reservas energéticas, chamadas triglicerídios. Para que não ocorram problemas com o corpo, tais reservas precisam estar reguladas, e por isso, além de adotar determinados hábitos, pode ser muito importante verificar o nível de triglicerídios no sangue periodicamente, em geral junto com o colesterol, outro tipo de gordura.

No texto a seguir você poderá conhecer melhor o que são essas substâncias, essenciais ao bom funcionamento de nosso corpo, e saber quais as melhores formas para mantê-las em nível saudável no organismo. Acompanhe!

O que são triglicerídios?

Antes de tudo, é necessário entender o que são esses compostos orgânicos e qual sua importância para nosso corpo. Pois bem: triglicérides, ou triglicerídios, são as principais gorduras presentes no organismo humano, e têm funções importantíssimas para seu bom funcionamento. Essas gorduras podem ser produzidas tanto pelo próprio corpo, como podem ser ingeridas por meio da alimentação.

Ao comermos, ingerimos alimentos com calorias. Nosso corpo, por sua vez, utiliza as calorias necessárias naquele momento e transforma as desnecessárias em triglicerídios. Esses compostos ficam reservados para serem utilizados pelo organismo quando ele precisar de energia.

Quando alguma pessoa consome uma quantidade de calorias acima do necessário, principalmente por excesso de carboidratos, as taxas de triglicerídios aumentam. Esse tipo de situação pode gerar diversas consequências negativas ao corpo, e por isso é importante equilibrar essas taxas.

O que é considerado normal?

É importante ter noção do que são os níveis saudáveis de triglicerídios no sangue. É possível perceber isso por meio da dosagem dos triglicerídios, que vai informar qual a concentração desse composto por decilitro de sangue (mg/dL). Dependendo do resultado, a taxa de triglicerídios pode ser considerada “normal” (o que corresponde ao desejável) ou elevada.

O nível sanguíneo desejável para os triglicerídios é até 150 mg/dL em jejum, segundo diretriz estabelecida pelos estudiosos do assunto (se a coleta do sangue houver sido feita sem jejum, considera-se até 175 mg/dL como desejável). A manutenção desses níveis traz diversos benefícios à saúde, principalmente para o bom funcionamento do coração.

O que causa elevação dos triglicerídios?

Como dito antes, os triglicerídios surgem em nosso corpo tanto por meio da alimentação quanto por meio da produção do próprio organismo. Por conta disso, a variação no nível desses compostos em nosso corpo pode se dar tanto por questões genéticas quanto por conta de hábitos alimentares.

Como os triglicerídios são formados a partir de gorduras, alimentos ricos em carboidratos e gorduras saturadas (como açúcar, farinha branca, carnes, leite integral e queijos amarelos), os hábitos alimentares podem elevar os níveis desses compostos no sangue. Além disso, a genética também influencia. Mesmo com uma alimentação adequada, por conta de algumas características genéticas (que a pessoa herda de seus ancestrais) é possível que os níveis de triglicerídios permaneçam altos mesmo com certos cuidados preventivos.

Como controlar?

O excesso dessas gorduras, detectado no exame de sangue, pode trazer diversos problemas para a saúde, desde infarto até AVC (acidente vascular cerebral). Por isso, para manter o bem-estar e uma vida saudável é importante procurar meios para regular os níveis de triglicerídios. A seguir listamos algumas maneiras de fazer isso.

Cuidar da alimentação

Para garantir um nível adequado de triglicerídios no sangue, é de grande importância pensar na forma como nos alimentamos. Tendo em vista que grande parte das gorduras do corpo são produzidas por meio da alimentação, procurar ter uma dieta balanceada é fundamental para controlar os níveis dessas gorduras no organismo.

Uma dica importante é diminuir o consumo de carboidratos e optar pelas gorduras saudáveis, como aquelas presentes em óleos vegetais, sementes, castanhas e peixes ricos em ômega 3 (salmão, bacalhau, atum e sardinha, dentre outros).

Praticar esportes

Esse é outro ponto importante. A prática cotidiana de exercícios físicos traz inúmeros benefícios ao corpo humano, desde melhora da autoestima, manutenção de uma boa forma física, e até a possibilidade de fazer amizades. Mas não para por aí.

Quando falamos do equilíbrio de triglicerídios no corpo, além de manter uma alimentação saudável, é essencial estabelecer uma rotina de atividades físicas regulares. A prática diária de exercícios permite ao corpo controlar os níveis de triglicerídios, uma vez que por meio delas o organismo “queima” grande parte dessas gorduras, eliminando o excesso.

Evite consumo excessivo de álcool

Pensar numa alimentação saudável não se restringe apenas àquilo que você come, mas também ao que você bebe. É sabido desde há longo tempo que a ingestão de álcool eleva os níveis sanguíneos de triglicerídios, sendo, portanto, importante tomar cuidado com os excessos.

Faça exames rotineiramente

Além das práticas acima, que dizem respeito a mudanças de hábitos cotidianos, outro ponto importante é realizar exames laboratoriais com frequência, os chamados exames de rotina, em geral indicados nas consultas de check-up. Isso merece atenção porque pessoas com triglicerídios em nível alto não têm sintomas. A única forma de perceber que há algo errado é por meio de exames de sangue.

Por isso, é importante realizar exames rotineiros. Uma vez que sejam detectadas alterações na concentração de gorduras no sangue, o profissional adequado deve recomendar os procedimentos corretos para corrigir essas alterações.

Onde realizar o exame?

Escolher o lugar correto para realizar seus exames de rotina é tão importante quanto escolher um bom médico. Isso porque a estrutura do laboratório é crucial para a precisão dos resultados e, consequentemente, para as medidas de prevenção e tratamento que serão recomendadas ao paciente.

Por isso, é fundamental buscar por um laboratório de qualidade, com experiência na área e que esteja em contínuo desenvolvimento. Na região da capital do Espírito Santo, o PAT é uma ótima referência, pois tem o rigor necessário para obter precisão nos resultados dos exames.

Para garantir um bom funcionamento energético do corpo humano, com saúde e bem-estar, é importante manter equilibrados os níveis de triglicerídios no sangue. Para isso, é necessário estabelecer hábitos alimentares adequados e praticar exercícios físicos cotidianamente.

Quer saber mais sobre exames laboratoriais e práticas cotidianas que trazem saúde e bem-estar ao corpo humano? Ou então quer tirar dúvidas e fazer sugestões? Entre em contato conosco.

Posts relacionados

Deixe um comentário