Você sabe para que servem os exames sorológicos?

4 minutos para ler

O exame sorológico é feito a partir da coleta de amostra de sangue e é indicado para a pesquisa e identificação de diversas doenças infecciosas. 

Assim, trata-se de um exame específico, bastante utilizado tanto no âmbito da saúde individual quanto na saúde coletiva. Além de auxiliar no diagnóstico e tratamento de pacientes, tem grande importância na prevenção e controle epidemiológico de doenças como a dengue e a AIDS. 

Neste post, você vai descobrir o que é sorologia e quando esse tipo de exame é indicado, além de aprender quais doenças ele pode identificar e qual a sua importância em relação à saúde, prevenção e tratamento. Confira!

O que é sorologia e para que serve o exame sorológico?

Sorologia significa “estudo do soro sanguíneo”, ou seja, a parte líquida do sangue, separada após a coagulação. Na prática, o exame sorológico refere-se à pesquisa de anticorpos — um grupo de proteínas, chamadas imunoglobulinas (Ig), que têm a função de defender o organismo, combatendo agentes estranhos (antígeno) como, por exemplo, os patógenos. 

Em geral, o exame sorológico tem a finalidade de identificar a presença de dois tipos de anticorpos: 

  • IgM — é produzido quando ocorre o primeiro contato com o antígeno, tratando-se da primeira defesa, e sua ação é de curta duração;
  • IgG — é o anticorpo mais comum no sangue, muitas vezes protegendo o corpo de futuras infecções. 

Quando é indicado e quais doenças podem ser identificadas?

Os exames sorológicos são indicados quando há suspeita ou necessidade de investigar ao contato prévio ou a presença de agentes infecciosos no sangue. Além disso, pode ser usado para diagnosticar doenças autoimunes e deficiências imunológicas. 

O “exame sorológico” se tornou conhecido por detectar a AIDS, sendo realizado com frequência em função da preocupação que essa doença desperta. No entanto, ele também detecta outros agentes infecciosos, causadores de doenças sexualmente transmissíveis ou não, tais como:

  • sífilis;
  • hepatites;
  • toxoplasmose; 
  • rubéola; 
  • dengue;
  • herpes simples;
  • e outras.

Qual a importância do exame sorológico?

Como vimos, esse exame é capaz de diagnosticar uma grande variedade de doenças, sendo de grande utilidade para avaliar a resposta imunológica de um paciente a determinado agente infeccioso. Além disso, exames sorológicos têm importância epidemiológica.

De acordo com os resultados da sorologia é possível saber se a infecção é aguda (IgM positivo), recente (IgM e IgG positivos) ou se já houve contato prévio (IgG positivo), o que muitas vezes significa imunização, seja pela infecção anterior ou por vacinação. É o caso da rubéola, toxoplasmose e outras doenças que oferecem riscos ao feto durante a gestação, e assim os exames sorológicos fazem parte do pré-natal. 

Além de ser um fator de prevenção, evitando o contágio de pessoas próximas, a realização do exame é fundamental para o diagnóstico e tratamento corretos, já que muitas doenças apresentam sintomas comuns, como a dengue. O exame sorológico, neste caso, identifica anticorpos IgM em 93% dos pacientes, entre 6 e 10 dias da infecção, e em 99%, entre 10 e 20 dias. 

Dessa forma, o exame sorológico se destaca como um excelente método na detecção de doenças infecciosas, simples, rápido e fidedigno. Porém, vale lembrar a importância de buscar um laboratório de análises clínicas de qualidade e confiança, como o PAT

Para realizar os seus exames com rapidez e segurança, entre em contato conosco e saiba mais sobre os nossos serviços. 

Posts relacionados

4 thoughts on “Você sabe para que servem os exames sorológicos?

  1. Isso deveria, na minha opinião, ser muito mais completo, conter informações mais detalhadas, completas e complexas e serem destinadas à classe médica.
    Por exemplo: imunofluorescência direta e indireta, exames moleculares e outros.
    Como são realizados, suas interpretações e aplicação na clínica.

Deixe um comentário