Veja os 5 maiores problemas causados pelo excesso de açúcar

4 minutos para ler

De acordo com pesquisas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o consumo de alimentos açucarados ainda é muito grande entre os brasileiros. Além de ser responsável por desencadear diversas doenças, o excesso de açúcar vicia, fazendo com que a pessoa tenha compulsão por comer doces, mesmo não estando com fome.

Isso acontece porque, em excesso, o açúcar provoca alterações no sistema de recompensa e nos circuitos cerebrais responsáveis pela regulação da fome e da saciedade. Em longo prazo, esse comportamento pode levar à perda da função cognitiva e à redução da atenção e da memória, além de contribuir para o surgimento de diversas doenças.

Indica o Ministério da Saúde que os brasileiros consomem 50% mais açúcar que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS): em média 18 colheres de chá ao dia (cerca de 80 gramas), quando o limite seriam 12.

O excesso acaba por levar a lesões em vários órgãos, como cérebro, fígado, pâncreas, rins, e até a pele.

Neste artigo, vamos apresentar alguns dos principais problemas de saúde que o excesso de açúcar no organismo pode provocar e sugerir alternativas para reduzir o seu consumo, visando a ter uma vida mais saudável. Continue a leitura para saber mais!

Os problemas causados pelo excesso de açúcar no organismo

O açúcar, especialmente o refinado, só apresenta aspectos negativos. Ele contém componentes branqueadores, nenhum teor de fibra e a sua composição apresenta 99% de carboidratos simples. Dessa forma, além de ser muito calórico, não tem um bom valor nutricional. Veja, a seguir, 5 dos principais problemas que ele pode provocar.

1. Risco de desenvolver diabetes

Embora não seja o único causador do diabetes, o consumo exagerado de açúcar aumenta muito a probabilidade do desenvolvimento dessa doença. Por isso, é importante reduzir a ingestão de doces e dar preferência aos preparados com frutas e pouquíssimo açúcar. E, claro, vigiar para detectar qualquer indício de evolução para diabetes.

2. Problemas circulatórios

Os problemas circulatórios se destacam como os primeiros problemas que surgem ao consumir açúcar em excesso. Isso se dá porque o alto nível de glicose no sangue pode provocar a obstrução de vasos, originando problemas cardiovasculares.

3. Obesidade

Alguns alimentos que parecem saudáveis mas não são, como é o caso dos industrializados, favorecem o acúmulo de gordura no abdômen e contribuem diretamente para o aumento do peso. Isso acontece porque eles contêm muito açúcar e gordura em sua composição, o que pode levar à obesidade e a doenças relacionadas a essa condição.

4. Depressão e ansiedade

O açúcar age no cérebro, liberando sensações de bem-estar e de prazer. Contudo, após a sua baixa no organismo, a pessoa se sente deprimida, como ocorre com um dependente químico. Além disso, a necessidade compulsiva de ingerir doces leva à ansiedade.

5. Fadiga em excesso

Os picos de glicemia (nível de glicose no sangue) reduzem o estado de alerta natural do corpo, provocando uma sensação de cansaço e sono. Em geral, as pessoas que consomem muito açúcar e carboidratos se descuidam quanto à ingestão de proteínas e gorduras boas. Isso faz com que se sintam mais cansadas e lentas.

A forma de reduzir o consumo de açúcar

Cortar o açúcar refinado nos alimentos é o primeiro grande passo para uma vida mais saudável. Muitas pessoas o substituem por outros tipos, como o cristal, o light, o orgânico, o mascavo ou o mel. Mas é importante observar que são apenas opções menos maléficas e o seu consumo também deve ser moderado.

Outro substituto comumente utilizado é o adoçante artificial, porém, como as pesquisas sobre esse tema ainda são inconclusivas, o melhor é ter cautela e consumi-lo com moderação. O ideal é evitar ao máximo adoçar bebidas, como sucos, café e chás, e reduzir o consumo de doces e de produtos industrializados. Para ajudar nessa mudança, a retirada do açúcar pode ser feita gradualmente. Em geral, o paladar demora cerca de três semanas para se habituar — tempo necessário para a renovação das papilas gustativas.

Como vimos, o excesso de açúcar no organismo pode levar a diversos problemas de saúde. Por isso, é fundamental reduzir o seu consumo no dia a dia, dando preferência a alimentos com baixo teor e eliminando o hábito de adoçar bebidas por meio de uma reeducação alimentar.

Gostou deste artigo? Para saber mais sobre alimentação saudável, entenda como funciona a dieta mediterrânea!

Posts relacionados

Deixe um comentário