Exercício físico para grávidas: confira 5 grandes benefícios

4 minutos para ler

Antes, o exercício físico para grávidas era um tabu devido à crença de ser prejudicial ao bebê. Mas ao longo do tempo esse pensamento mudou. Desde a década de 1980, diversos estudos identificaram que os exercícios estão diretamente ligados à saúde da gestante e menos complicações para o recém-nascido.

A análise dessas pesquisas resultou na publicação da Diretriz canadense de 2019 para atividade física durante a gravidez. O principal objetivo é orientar as gestantes e profissionais da área obstétrica sobre a realização da prática de atividades no pré-natal, de maneira segura.

Neste post, selecionamos alguns dos principais benefícios das atividades físicas na gravidez, os cuidados que devem ser observados ao realizá-los e alguns exercícios mais praticados nessa fase. Confira!

Os principais benefícios dos exercícios físicos para grávidas

Além de melhorar a respiração, proporcionando maior oxigenação e beneficiando tanto ao bebê quanto a gestante, os exercícios são essenciais em diversos momentos da gravidez. Listamos alguns dos principais benefícios abaixo. Confira!

1. Controle do peso

Exercícios físicos combinados com uma alimentação saudável ajudam no controle do peso, reduzem o risco de diabetes gestacional e da pressão alta. Com isso, também se evita que o bebê nasça com sobrepeso.

2. Combate ao estresse

Fazer atividades físicas ajuda no processo de produção e liberação da endorfinas, o que proporciona a sensação de felicidade, relaxamento e bem-estar, combatendo o estresse.

3. Maior autonomia

Os exercícios físicos auxiliam na redução do tempo de trabalho de parto, pois fortalecem a musculatura utilizada para expulsar o bebê.

4. Diminuição do inchaço

As atividades físicas são muito importantes na prevenção e redução de inchaço. O movimento de pernas e pés ajuda no retorno do sangue, diminuindo a quantidade de líquidos e amenizando o problema.

5. Redução dos riscos de obesidade gestacional

De acordo com a Diretriz canadense, a probabilidade de o bebê nascer em tamanho acima do ideal como consequência de diabetes e obesidade materna se reduz. Isso porque a atividade física melhora a circulação sanguínea na placenta, permitindo que ele receba mais oxigênio e nutrientes.

Cuidados que devem ser observados ao realizar os exercícios

Em geral, os exercícios são contraindicados em casos de sangramentos ou quando o feto não esteja se desenvolvendo adequadamente. Por isso, antes de iniciar qualquer exercício físico, é fundamental que a gestante converse com o seu médico.

Deve-se considerar que há atividades físicas que a grávida não pode fazer, como mergulho, esportes de contato (em que pode esbarrar com outra pessoa), e aquelas com risco de queda.

Entre as principais recomendações da Diretriz canadense para atividade física durante o período de gravidez, podemos citar:

  • toda gestante sem contraindicação médica pode e deve realizar atividades físicas;
  • fazer 150 minutos por semana (o que pode ser dividido em três dias) de exercícios físicos com intensidade moderada para obter os benefícios;
  • treino focado em assoalho pélvico pode ser realizado regularmente, com acompanhamento profissional.

Os exercícios mais indicados para a gravidez envolvem atividades de alongamento, relaxamento, resistência muscular e flexibilidade. Acompanhe!

Hidroginástica

Reduz o impacto sobre as articulações, auxilia no fortalecimento dos músculos e capacidade cardiorrespiratória, além de proporcionar relaxamento. É uma atividade altamente recomendada para o terceiro trimestre de gestação.

Pilates

Fortalece os músculos do assoalho pélvico, importantes na sustentação do peso abdominal, nos casos de incontinência urinária e no parto normal. Também contribui com a melhora da respiração, frequência cardíaca e postura.

Musculação

O fortalecimento da musculatura é importante para diminuir as dores nas costas e nas articulações. Porém, é fundamental ter a orientação de um profissional especializado para o controle de carga dos treinos, respeitando os limites do corpo em cada fase da gestação.

Caminhada

A recomendação é que ela dure cerca de 30 minutos e ser realizada de três a cinco vezes por semana. Para praticá-la é importante utilizar roupas leves e confortáveis, calçados adequados e levar uma garrafinha de água para se hidratar.

Como você pôde verificar, já foi comprovado que o exercício físico para grávidas é benéfico e deve ser feito de acordo com a Diretriz canadense e orientações médicas. Além disso, é preciso complementar com uma alimentação equilibrada e acompanhamento de um profissional de educação física.

Gostou do conteúdo? Se essas informações foram úteis, deixe o seu comentário e compartilhe suas impressões!

Posts relacionados

Deixe um comentário