Vitamina B12: fique por dentro dos seus principais benefícios

5 minutos para ler

As vitaminas representam um grupo de nutrientes essenciais para a vida. Com exceção da vitamina D (que é um hormônio sintetizado na pele) elas não são produzidas pelo próprio organismo, devendo então ser obtidas pela alimentação. A vitamina B12 é uma delas!

Uma de suas funções é mediar reações químicas, de modo que sem elas poderia haver desequilíbrios com prejuízo à saúde. Então, pelo excesso de vitaminas mas, principalmente, pela falta, a saúde pode ficar prejudicada.

Mas você sabe quais são os benefícios da vitamina B12? Neste post, vamos entender melhor essa vitamina essencial para o organismo! Boa leitura!

A vitamina B12

A cobalamina, mais conhecida como vitamina B12, é uma substância sintetizada por microrganismos que vivem no intestino de alguns animais. Ela precisa ser obtida por meio de alimentos de origem animal: carne, leite e ovos, por exemplo.

No estômago, a vitamina B12 presente nos alimentos se liga a uma proteína chamada haptocorrina, produzida pelas glândulas salivares. Logo em seguida, no duodeno (início do intestino delgado), o conjunto sofre a ação de enzimas pancreáticas, passando a vitamina a ficar ligada ao fator intrínseco ali presente, produzido no estômago. Mais adiante, na parte final do intestino delgado (o íleo terminal), ela é desligada do fator intrínseco, sendo absorvida pelas células e, em seguida, entra na circulação sanguínea, onde é transportada por uma transcobalamina (proteína de transporte).

Já podemos perceber que a retirada cirúrgica parcial ou total do estômago e a intervenção em alguns segmentos do intestino podem causar deficiência dessa vitamina.

Benefícios da vitamina B12

Agora que você sabe como a cobalamina é absorvida, vamos ver como se dá a atuação dela no organismo. A função é, basicamente, ser um co-fator para duas enzimas. Não vamos focar em nomes, mas em atuações.

Então, os principais sistemas associados são o neurológico e o hematopoietico. No sistema nervoso, ela viabiliza a proteção de estruturas, através de um processo chamado mielinização. Assim, previne doenças degenerativas.

Já no sistema hematopoético, ou seja, de produção de células sanguíneas, a vitamina B12 contribui para a formação das células vermelhas (principalmente destas, mas também das outras). Tais células são responsáveis por levar oxigênio para todos os tecidos do organismo, e a falha em sua produção leva à anemia.

Causas e sintomas da deficiência do nutriente

A falta de vitamina B12 pode ser decorrente de dois problemas: baixa ingestão, ou deficiência na absorção. No primeiro caso, podemos exemplificar com as dietas vegana e vegetariana, que não incluem alimentos de origem animal.

Já no segundo caso, as cirurgias bariátricas resultam na diminuição do tamanho do estômago. Lembra-se do fator intrínseco? Sem ele não é possível formar o complexo que permitirá a absorção da vitamina no intestino. Também as doenças que acometem o intestino, causando diarreia crônica, levam a uma insuficiente absorção da cobalamina.

Ainda no segundo caso – problemas com a absorção da vitamina – não podemos deixar de dizer que alguns medicamentos podem impedir que ela de fato seja captada no intestino e passe para o sangue. Dentre eles há dois muito utilizados: o omeprazol (e outros com nomes parecidos, que são inibidores da bomba de prótons, usados para reduzir a acidez do estômago) e a metformina (para baixar o açúcar, muito usada por diabéticos e pré-diabéticos).

Assim, alguns problemas podem surgir, como:

  • divisão celular prejudicada por um defeito na síntese de DNA — prejuízo na formação das células vermelhas, levando à anemia e outros problemas decorrentes da divisão celular prejudicada, como aftas, diarreia e dermatite;
  • desmielinização do sistema nervoso — sem a bainha de mielina a transmissão de impulsos elétricos fica comprometida, e algumas consequências podem ser a mielose funicular (com dificuldade para caminhar), formigamentos, atrofia óptica, distúrbios neuropsiquiátricos (inclusive problemas com a memória), distúrbios da bexiga e disfunção erétil.

Provavelmente, você não vai querer passar por essas condições, certo? Então, não se esqueça de incluir alimentos de origem animal em sua dieta, como carne, leite, ovos, peixes e demais frutos do mar. Se você adota hábitos vegetarianos ou veganos, consulte um especialista e veja se há necessidade de suplementação, pois em geral a vitamina B12 produzida por algas e leveduras é apenas um análogo, praticamente sem atividade biológica no ser humano. O que não vale a pena é correr o risco de ficar sem os benefícios da vitamina B12 e passar por uma hipovitaminose capaz de prejudicar seu desempenho nas mais variadas atividades e gerar sequelas.

Havendo suspeitas da deficiência, converse com seu médico, para ele avaliar a necessidade de realizar exames complementares a fim de esclarecer seus sintomas. Havendo suspeita de deficiência dessa vitamina, pode-se esclarecer com a verificação dos níveis dela e de outras duas substâncias – a homocisteína e o ácido metilmalônico – no sangue.

Quer ler um e-book sobre a vitamina B12? Então clique aqui.

Gostou do nosso conteúdo?Agora, que tal aprender um pouco mais sobre vitaminas?

Posts relacionados

Deixe um comentário